26 de nov de 2013

Encontro de Monte Saint. Michel
























Nos 12 e 13 de outubro (fim de semana) nós tivemos um encontro no Mont Saint Michel com outros três distritos, se não me engano, e foi bacana (mas nem tanto). A gente ficou hospedado em um hotel dentro da área do monte e chegamos no horário do almoço. Nós separamos os quartos, eu fiquei com Alice e a Aline, e depois fomos comer. Não foi bem um almoço, porque comemos pão com presunto e queijo, com direito à biscoitinhos, uma laranja e não me lembro do resto. Depois fomos direto para o monte fazer um caminhada de 2 horas em volta dele, numa areia molhada, com um frio de 7 graus, de shorts e descalços ahahahah Foi legal, mas acabei voltando pra casa doente.

























A noite tivemos um jantar, depois os intercambistas fizeram uma apresentação e os representantes de cada país cantaram seus respectivos hinos, alguns cantaram sozinhos (Indonésia, Polônia, Croácia), mas os brasileiros e os mexicanos eram muitos ahahaha Nós acabamos cantando o nosso hino errado, mas ninguém percebeu. Mais tarde tivemos um DJ que tocou até 1h30 da manhã, foi divertido, mas os rotarianos dos outros distritos ficaram vistoriando. No último dia, fomos de manhã cedo visitar o monte, fazer comprinhas, voltamos para almoçar e fomos em embora. FIM

5 de nov de 2013

Enfim, férias.

Nessa últimas duas semanas foram as minhas férias de outono (nós temos férias no início de cada estação, genial) e fiz várias coisas.

Na primeira semana fiquei mais em casa, fui no cinema duas vezes, assisti Malavita e outro chamado 9 Mois Ferme, eu entendi tudo, mas pena que não comi pipoca porque só tinha com açúcar (eles raramente comem salgada) e é muito ruim. Aproveitei essa primeira semana pra fazer minhas tarefas de casa, limpar meu quarto, etc.
Na segunda semana vieram uns amigos me visitar, um mexicano (Ruben) e duas brasileiras (Bruna e Aline). Nós fomos para Saint Malo no primeiro dia, no outro fomos pra Rennes e no último fomos numa festa de Halloween.
Em Rennes nós encontramos com mais outro mexicano (Cesar) e outras 2 brasileiras (Alice e Thaís). A ideia inicial era ir jantar num restaurante brasileiro, mas aí descobrimos que ele estava fechado durante as férias. Fizemos várias coisas (lê-se: compras), pegamos metrô pra ir na Hollister que tinha aberto em um centro comercial um pouco mais afastado, fomos numa pizzaria super fofa à noite e por último fomos numa rua cheia de bares.
Uma quase foto que tiramos numa cabine automática, mas a burra aqui selecionou o trem errado e deu nisso ahahahah



























Tá faltando só outro mexicano (ele tinha ido embora mais cedo)



























Eu e a Bruna fizemos cachorro quente à la brasileira (aqui eles comem sem molho, só pão e salsicha) - roubei essa foto do blog dela


Eu fui fantasiada de gatinho, todo mundo na festa estava com umas maquiagens bem halloween, mas nós (brasucas + mexicano) ficamos com medo, até porque no Brasil halloween é desculpa pra gente se vestir mais "sexy".

A Bruna foi de boneca + cicatrizes, a Aline de pirata e o Ruben de nada. A festa foi organizada pelos amigos da minha host sister, Emeraude, que está no México e foi muito boa.


























Nós e a Cheyma (que estava de pirata como a Aline), uma tunisiana bem simpática.

E essas foram as minha férias. Au Revoir, Camila.

3 de nov de 2013

Encontro Vannes!

O encontro de Vannes aconteceu na nossa primeira semana aqui na França, chegamos numa quinta e o encontro começou na outra quinta (foram quatro dias, até o domingo) e sim, eu sei que estou atrasadíssima com esse post, mas é antes tarde do que nunca.

O encontrou durou quatro dias e tivemos várias atividades. Foi um encontro muito bom, a gente pode se conhecer melhor e de quebra visitamos uma cidade muito bacana, grande e bonita, coisa que seria difícil fazer com hfamily porque a cidade é longe da minha. Nós ficamos hospedados em um batimento religioso e isso não foi muito bom, porque era feio, não tínhamos banheiro no quarto (era coletivo e nada legal) e a comida era HORRÍVEL!!! Nós não aguentamos e no dia em que tínhamos a tarde livre para passear na cidade só compramos comida ahahahahh

Eu não me lembro da ordem em que fizemos cada atividade, então vou falar sobre as que eu lembrar em uma ordem bem aleatória:

Nós fomos no boliche e fomos dividos em equipes de 4 pessoas cada, na minha equipe era eu, uma canadense, uma finlandesa e mais alguém que eu esqueci (se você, pessoa, estiver lendo me perdoe). No começo eu estava ganhando de lavada, mas aí a finlandesa me passou e fiquei em segundo. Eu não tenho fotos do boliche porque tinha acabado a bateria da minha câmera. A gente fez um passeio de barco pelo Golf du Morbihan que durou 3 horas, isso mesmo, 3 HORAS! No começo estava bonito, ensolarado, gostoso e o mar era bem lindo, mas depois começou a cansar porque a gente só via mar e umas ilhas durante o passeio inteiro. Segue umas fotos da vista que tínhamos do barco e da gente acabada dormindo na mesinha do barco no andar de baixo.
 




De noite, em um dos dias (não me lembro se foi na quinta, sexta ou sábado) tivemos um jantar com o governador do distrito e outras pessoas importantes do distrito. Eu estava esperando que a comida fosse melhor por causa disso, mas foi horrível do mesmo jeito. Pra esse jantar, vieram os intercambistas franceses que fizeram intercâmbio no ano passado, mas só 4 ficaram até o final e dormiram lá. Nós fizemos uma apresentação pros rotarianos e não foi uma apresentação digna, porque era uma música em francês e não tínhamos tido muito tempo pra ensaiar. A finlandesa e uma americana apresentaram uma música no violino e foi bem lindo, depois a finlandesa e o Davi (brasileiro) tocaram Garota de Ipanema (violino +  violão).


Ah, depois a Thaís nos enviou uma foto do jornal local de Vannes (ela mora lá e achou) e nós saímos nele, nós nem sabíamos que íamos pro jornal. Somos conhecidos em Vannes agora. lol E foi assim o nosso primeiro encontro.

Au revoir, Camila.

24 de set de 2013

Primeiro mês!

Hoje, dia 23, faz um mês em que pisei em solo francês! Nesses 30 dias aconteceram muitas coisas, a maioria foram coisas boas, conheci pessoas especiais, comi coisas diferentes, melhorei meu francês (e muito) e aprendi muitas coisas longe do meu Brasil. Aliás, tô achando o Brasil o máximo depois que vim pra cá e parei de subestimar meu lar e achar que todos os outros países são melhores. Então vou contar sobre meu embarque (mais detalhadamente) e outras coisas que aconteceram.

No dia do meu embarque eu nem dormi porque meu vôo era de madrugada. Saímos de Cuiabá, eu e o Gustavo (que também está na França, mas no 1520) as 4 e alguma coisa da manhã e chegamos em São Paulo 7 da manhã, porém nosso vôo para Paris saia somente 19h10 da noite e pra não ficarmos muito cansados, alugamos um quarto onde dormimos, tomamos banho e 16h da tarde saímos pra fazer check - in do vôo. Encontramos um monte de intercambistas, a maioria eu sabia que estaria no mesmo vôo porque combinamos antes, mas mesmo assim devia ter uns 20 brasileiros indo fazer inter pelo Rotary, fora as outras pessoas com blazer que encontramos pelo aeroporto. Eu dormi o trecho SP-Paris quase inteiro, tirando as partes em que parei para comer (nhami nhami). 
Quando chegamos, no dia 23 11:25 da manhã, tinha os responsáveis de cada distrito nos esperando (foi um pouco demorado achar a imigração e onde pegava as bagagens, mas nada demais). O meu distrito estava no hotel IBIS próximo do aeroporto, então tivemos que andar um tanto com duas bagagens de 64kg cada intercambista brasileiro do 1650. Foi um sufoco e acabei perdendo o meu encosto de pescoço, estava muito quente no dia e fomos direto pro banheiro lavar o rosto quando chegamos no IBIS. Todo os outros intercambistas do distrito já estavam lá, eu, Bruna, Thaís e Vinícius fomos os últimos a chegar. Feito isso, deram um sanduíche (horrível, nem comi) pra gente porque não dava tempo de almoçar e fomos todos pro ônibus em direção à Rennes, ponto de encontro onde todas as host families deveriam ir buscar a gente, e mais 4 horas de estrada. Na metade do caminho, paramos numa conveniência e acabei comprando comida e bebida. Uma coisa muito estranha que vimos, foi mulheres entrando em banheiros masculinos. Tipo, oi?! Perguntamos pra Mme Riaux (esposa do nosso chairman) e ela também achou estranho, então não deve ser algo muito normal.

Minhas malas gigantotescas de 32 kg cada

Todos os brasileiros no mesmo vôo

Quando chegamos em Rennes, não vi minha host family de primeira e fiquei meio apovarada, mas
uns 3 minutos depois eu os achei. Estava minha host mom, minha host sister, o oficial de intercâmbio do meu host club e sua esposa. Todos foram muito simpáticos. Chegamos em casa e foi muito difícil o negócio das malas, tive que abrir cada uma e subir os três andares com as coisas de pouco em pouco. No meu primeiro dia, a janta foi Galette, um prato típico da bretanha (pesquisem aí a foto) e não achei lá essas coisas (é tipo uma panqueca aberta bem fina com presunto, queijo e ovo). Depois disso capotei e acordei depois das 13h no outro dia. Depois que almoçamos, fomos passear pela cidade e a noite fomos nesse barzinho:
Prefeitura da minha cidade



Amigos da minha host sister que me foram apresentados





Primeira refeição de verdade, humm!!

























Nesses um mês, visitei algumas cidades e tive também meu encontro com os intercambistas numa cidade no sul da Bretanha chamada Vannes (eu tinha esquecido o carregador da câmera lá, por isso fiquei sem postar), mas vou falar sobre o encontro em outro post.

Praia em Lancieux (uma cidade que fica 20 min. de carro de Dinan). A praia aqui não é que nem no BR, não tem vendedor ambulante, picolé, espetinho de camarão, etc. Achei um pouco sem graça e o mais estranho é que estava uns 21 graus (com vento, detalhe) e a gente foi pra praia. Eu não nadei, mas minha host mãe e as amigas dela sim :O

 Em Lancieux ainda (a foto abaixo tbm), nem nadei e fiquei de bíquini, mas coberta ahahahah


























Conheci também minha host vó numa cidade bem do ladinho de Dinan, com 2 mil hab. e que se chama Pleudihen sur Rance e será minha próxima cidade (minha segunda família mora lá :/), mas continuo no mesmo colégio. C'est domage que je ne vais plus habiter à Dinan pendant 3 mois, pleudihen est nul, il n y a rien...


 A tartaruga MACHO da minha hvó que se chama Caroline







Minha host vó, mais conhecida como Nanou


Depois que conheci a vó, fomos pra uma cidade litorânea de 20.000 hab. chama St. Malo e ventava muito, frio demaisssssss!!!! Mas a cidade é ótima e ainda por cima comi um Beignet du Nutella, humm.

Bandeira francesa, bretã (a preta e branca) e não sei a outra :/ 

























E termino meu post com a foto do encontro de Vannes... Em outro post falo sobre o encontro, a escola e outras coisas.


16 de ago de 2013

Cartão Postal da HMom e Noite de Despedida :D




























Meus amigos fizeram uma despedida surpresa pra mim e pra minha amiga, a Débora, que também vai fazer intercâmbio, só que pros EUA.  Foi muito muito muito muito bacana e eu adorei, me senti muito emocionada, alguns amigos que nem estavam estudando mais na escola vieram também, minha professora (tutora) deu uma passadinha por lá também. Eles fizeram dois cartazes pra cada uma, o que está escrito Milinha eles assinaram e minha mãe vai enquadrar e o rosa é com aquela música do Bruno Mars - Count On Me e esse eu vou levar comigo pra França. Gente tá caindo a ficha, tá chegando, faltam seis dias, eu tô bastante nervosa, ansiosa, com frio na barriga e até as dores de cabeças voltaram, mas também tô muito feliz, tipo MUITO.


No outro dia minha mãe me acordou pra ir ao dentista e me disse "Camila, Camila! Tem uma carta da Europa pra você, mas não fala de quem é no envelope, abre aí"... Quando eu abri era um cartão postal de Saint Malo com fotos de outras cidades turísticas da Bretagne e atrás minha host mom tinha escrito um bilhete MUITO fofo e que me fez chorar, e que fez minha mãe chorar também. Sério, foi muito lindo da parte dela e eu fiquei bem feliz. <3 (A foto ficou meio ruim porque tirei com o celular)
No mais, é isso, amanhã tem vídeo com mais novidades!

Au Revoir, Camila.

2 de ago de 2013

VLOG - Visto


Como eu disse no vídeo, foi a Aline (do meu grupo de intercambistas) quem separou todos esses links e informações. Eu pedi pra ela e ela me deixou postar pra vocês, beijos.





- modelo dos documentos: 
> Declaração de transmissão de autoridade parental + Declaração de financiamento/ carta de responsabilidade do Rotary (pag 2 e 3): http://riodejaneiro.ambafrance-br.org/IMG/pdf/Rellsitedoc_menores_escolarizados-2.pdf
> Autorização de viagem: http://goo.gl/bLTczO


9 de jul de 2013

VLOG! Meu Guarantee Form e a Francesa que vem pra cá!

Como eu disse no vídeo, somente quando recebemos o Guarantee Form é que temos 100% de certeza de que vamos fazer intercâmbio, que fomos aceitos no programa, que temos cidade, família, escola, mesada e que conseguiremos tirar nosso visto de estudante. Esse documento é o mais importante e o mais esperado pela gente, quando eu recebi fiquei muito feliz. Se vocês clicarem aqui e rolarem a barra até da página 13 (se não me engano) à 16 verão o modelo do guarantee form e as informações que vão nele.
Sobre a Francesa que vai ficar aqui, algumas fotos que ela mandou junto com o application:























E é isso, se quiserem ampliar as fotos é só clicar em cima delas . Assistam o vídeo para saberem mais e, ah, mandem perguntinhas pra eu poder fazer o FAQ

Au revoir, Camila.

20 de mai de 2013

UPDATE! Minha casa e meu quarto.

Finalmente a Émy me passou as fotos da casa,  todos comemoram o///// Ela não mandou foto da frente da casa, mas eu acho que encontrei a casa certa no google maps.

























Meu quarto lindo, maravilhoso, todo branco e do jeito que eu gosto. Aliás, olha o tamanho dessa cama :O






























Sala de Estar:


























Sala de jantar:




























É isso, quando eu chegar, eu faço um house tour completo :D

Au Revoir, Camila.

Seguidores

Horário